concursos, exposições, curiosidades... sobre arte
escolhidos por MARIA PINTO
(Maria Regina Pinto Pereira)

http://maregina-arte.blogspot.com/

domingo, 18 de fevereiro de 2018

Ron Pokrasso: Intensive Printmaking Immersion AND Non-Toxic Photogravure - NM - EUA


Photogravure Workshop:

From Camera to Print;
From Drawing to Print!
Come Join Us!



Create editions of handmade photo prints or drawings

This versatile technique is perfect for photographers interested in expanding their options for photographic expression and for illustrators who would like to make multiple handmade editions of their drawings. Using Akua Kolor intaglio inks and wonderfully easy to use photosensitive (photopolymer) plates, students will learn to create rich and detailed images from their photographs or drawings.  Gravure was introduced in the 1800's as a way to produce photographic prints and has been revived with the availability of non-toxic supplies.



Date: Saturday and Sunday, March 10 & 11, 2018
Time: 10 am - 5 pm (lunch break included)
Cost: $240 + tax, materials included.
Instructor: Diane Alire

Price of the class includes 4 hours of studio time after the workshop!








Ron Pokrasso:

Intensive Printmaking Immersion 

July 30 through August 3
Week-long summer workshop!


Ron Pokrasso's approach to monotype in combination with chine collé/collage and  photopolymer platemaking will open your eyes and working process to a whole new range of creative possibilities.

Class dates: Monday through Friday, July 30 through August 3
Class time: 10 AM - 5 PM
Class fee:  $725 + tax
Early bird special!  Register before April 1st and pay only $650 + tax
Instructor: Ron Pokrasso

Price of the class includes 4 hours of studio time after the workshop!







We currently have an upstairs studio that is available to rent.
Contact us if you are interested in seeing the space!
Remarque Print Workshop, LLC
WEBSITE
EMAIL
Like us on FacebookFollow us on Twitter  View on Instagram
 
Remarque Print Workshop, LLC, DBA New Grounds Print Workshop,3812 Central Ave SE, 100B, Albuquerque, NM 87108

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Prêmio de Residência SP-Arte




O Prêmio de Residência SP-Arte chega à sexta edição oferecendo uma oportunidade única de formação a artistas brasileiros em instituições internacionais. Em 2018, o programa oferece uma estadia de três meses na Delfina Foundation, uma das principais organizações do gênero, sediada em Londres.
Podem concorrer ao Prêmio artistas brasileiros ou naturalizados, que sejam representados por galerias participantes da SP-Arte/2018 e ter seu trabalho exposto no estande da galeria.
Cada artista deve se inscrever individualmente, duplas de artistas não serão avaliadas; Serão aceitas apenas inscrições realizadas pelos próprios artistas (e não pelas galerias correspondentes).
CRONOGRAMA
– Inscrições: até 26 de fevereiro/2018, via e-mail
– Taxa de inscrição: não
– Edital + Ficha de Inscrição: http://bit.ly/2EwzqaG

Editais Fundo Municipal da Cultura . Fundação Cultural de Curitiba


A Fundação Cultural de Curitiba lançou dez novos editais do Fundo Municipal da Cultura em diversas áreas artísticas, no valor total de R$ 2,9 milhões.
Serão lançados quatro editais da área de artes cênicas e outros de artes visuais, quadrinhos, folclore e tradições culturais, literatura e novas linguagens – este último inédito, além de um edital de contratação de espetáculos e oficinas artísticas para todas as regionais da cidade. Ao todo serão contratados 261 projetos culturais.
No Edital de Difusão Cultural e Artística dos Núcleos Regionais da Fundação Cultural de Curitiba serão selecionados cento e cinquenta projetos de espetáculos e oficinas nas áreas de artes cênicas, artes visuais, música e folclore, artesanato, cultura popular e demais manifestações culturais tradicionais. Esses projetos devem ser desenvolvidos nos bairros, atendendo aos objetivos de descentralização da cultura.
Na área das artes cênicas serão contratadas dezoito propostas – três de teatro de bonecos para crianças, quatro de espetáculos para o público infanto-juvenil, quatro de circo e sete de dança, através dos editais: Edital Teatro do Piá – Temporada 2018 (formas animadas para crianças), Edital Antonio Carlos Kraide 2018 (peças infanto-juvenis), Edital Circo da Cidade – Lona Zé Priguiça e para o Edital de Dança – Solar 2018.
No caso do edital do Circo Zé Priguiça, localizado no Alto Boqueirão, as propostas devem contemplar não só a montagem de espetáculos como também a oferta de oficinas de circo para crianças e jovens, explorando os aspectos artístico e pedagógico da linguagem circense. O edital de dança dará apoio financeiro a montagens profissionais de solos de dança para apresentações na Casa Hoffmann – Centro de Estudos do Movimento.
O Edital de Ações de Incentivo à Leitura – Literatura 2018 contratará vinte projetos de realização de contação de histórias e de ciclos de leitura nos diversos gêneros literários. O Edital de Ocupação dos Espaços Expositivos 2018 selecionará cinco propostas de exposições para os Museus da Gravura e da Fotografia.
Com o objetivo de fomentar a produção de histórias em quadrinhos, ilustração, cartoon e RPG, foi lançado o Edital Publicação 2018 para selecionar nove projetos de publicações (impressa ou virtual) nesta área. Além da publicação, o projeto deve conter o evento de lançamento, uma exposição e um workshop, todos gratuitos, sendo que pelo menos um deles seja desenvolvido na Gibiteca de Curitiba.
O Edital Folclore e Tradições Culturais 2018 tem o propósito de incentivar as manifestações na área de folclore e cultura popular, em modalidades como artesanato, dança, poesia, música, teatro, canto e culinária. Serão contratados trinta e cinco projetos nesse edital.
E o Edital de Autoria Compartilhada e Bases Temporárias – Centro de Criatividades de Curitiba, que contempla novas linguagens e criações coletivas, selecionará vinte e quatro propostas e os proponentes poderão optar entre duas modalidades – de ocupação do Centro de Criatividade e de ocupação de espaços públicos ou espaços alternativos.
Os editais:
- Edital de Difusão Cultural e Artística dos Núcleos Regionais da Fundação Cultural de Curitiba – R$ 500 mil – seleção de cento e cinquenta projetos
- Edital Circo da Cidade, Lona Zé Priguiça – Difusão e Formação em Circo – Temporada 2018 – R$ 300 mil – quatro projetos
- Edital Teatro do Piá – Temporada 2018 – Difusão em Formas Animadas de Pequenos Formatos para Crianças – R$ 120 mil – três projetos
- Edital Antonio Carlos Kraide – Temporada 2018 – Difusão em Teatro para Infância e Juventude – R$ 180 mil – quatro projetos
- Edital da Área de Dança – Solar 2018 – R$ 300 mil – sete projetos
- Edital de Ações de Incentivo à Leitura – Literatura 2018 – R$ 300 mil – vinte projetos
- Edital de Ocupação de Espaços Expositivos 2018 – R$ 300 mil – cinco projetos
- Edital Publicação 2018 – Quadrinhos, Ilustração, Cartoon, RPG – R$ 300 mil – nove projetos
- Edital Folclore e Tradições Culturais 2018 – R$ 300 mil – trinta e cinco projetos
- Edital de Autoria Compartilhada e Bases Temporárias – Centro de Criatividade de Curitiba 2018 – R$ 300 mil – vinte e quatro projetos.
CRONOGRAMA
– Inscrições: até 21 de fevereiro/2018, via online
– Taxa de inscrição: não
– Aporte Financeiro: sim.

– Editais: http://bit.ly/2ByhCNQ

2018 SF Bay Area Printers' Fair & Wayzgoose

Letterpress Printers, Artists and Bookbinders, Papermakers and Marblers, Fine Art Print Makers, Calligraphy Artists, and Collage Artists. This will be a wonderful opportunity to display/sell/celebrate your work! 

2018 SF Bay Area Printers' Fair & Wayzgoose ** 
------------------------------------------------------------
------------------------------------------------------------

The 2018 Bay Area Printers’ Fair & Wayzgoose will be Saturday April 21 at History Park in San Jose, CA, from 10 AM t0 3 PM. We look forward to an even bigger event this year with your participation!

Exhibitors can display their products & services in a venue geared to letterpress, printmaking in all media, paper, and the book arts.

Sponsored by the San Jose Printers’ Guild, this event celebrates letterpress printing, typography, book arts, ephemera, fine paper, printmaking, and allied arts. Print enthusiasts, students, educators, graphic designers, typophiles, artists, and printers new or old will enjoy the demonstrations, tours, and array of vendors and exhibitors. Visitors will be able to print a jumbo wood type poster and peruse the vender’s marketplace. It’s free to the day’s visitors! 

Letterpress Printers’ Marketplace: Exhibitors will be offering letterpress printed cards, art prints, book arts, fine papers, ink, handset type, vintage books, printed ephemera, and reference materials, as well as printing presses, tools, and equipment for printing and related crafts.

FAIR DETAILS
Location: History Park, 635 Phelan Ave., San Jose, CA 95112
Date: Saturday, April 21, 2018
Fair Hours: 10am - 3pm

EXHIBITOR SPACE AND FEES
* $60 inside or outside space with one 8-foot table (canopies provided for outdoor spaces)
* $70 for outside 10x10 space with two tables
* $50 for outside 10x10 space unfurnished

Eventbrite registration fees up to $6 are additional. Indoor spaces are limited, available first come first served.


For more information about the fair see:

Please contact as indicated above. Hope to see you there!!!

Best,

Exposições Galerias de Arte do Sesc Alagoas


O SESC – Administração Regional no Estado de Alagoas, no uso de suas atribuições, abre inscrições para selecionar artistas visuais para compor a programação de Artes Visuais nas galerias de Maceió e/ou Arapiraca durante o ano de 2018.
As inscrições podem ser feitas nas seguintes categorias: pintura, desenho, gravura, escultura, fotografia, instalação e obras multimeios. Podem se inscrever artistas de todo o país, embora o fomento à produção artística alagoana seja prioridade para o Sesc Alagoas. Os proponentes não podem ter participado de exposição na instituição durante os últimos cinco anos.
CRONOGRAMA
– Inscrições: até 23 de fevereiro/2018, via e-mail
– Taxa de inscrição: não
– Premiação: cachê e também suporte financeiro para curadoria e montagem da exposição.

– Edital: http://bit.ly/2EHR4M1

Joe Davis, cientista de Harvard, doa obra biotecnológica para a Bienal de Arte Digital

Joe Davis, cientista de Harvard, doa obra biotecnológica para a Bienal de Arte Digital
SEDA SINTÉTICA PRODUZIDA POR INSETO ALTERADO GENETICAMENTE PODE TER USO EM AMBIENTES DEGRADADOS COM METAIS PESADOS E TAMBÉM NA COMPOSIÇÃO DE TRABALHOS ARTÍSTICOS
Bienal de Arte Digital, em exposição até o dia 18 de março no Centro Cultural Oi Futuro, no Rio de Janeiro, teve entre suas principais atrações na primeira semana um simpósio do renomado cientista americano Joe Davis, do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) e do Departamento de Genética de Harvard. Davis, de 67 anos, após sua palestra, decidiu contribuir com as exposições permanentes do evento antes de retornar aos Estados Unidos. Ele cedeu uma amostra de seu experimento e esta ficará em exposição no Oi Futuro até o fim da Bienal.
Com o nome de Bombyx chrysopoeia, a obra de Davis consiste em um bicho-da-seda alterado geneticamente pelo cientista americano. Com a alteração de DNA, o inseto produz uma seda sintética que é capaz de absorver metais pesados. A ideia do experimento tem uma importância socioambiental, na possibilidade de ajudar a absorver de ambientes degradados os metais pesados graças ao potencial da seda produzida. Para a Bienal, Davis deixou um casulo de um dos bichos-da-seda que alterou geneticamente em seu laboratório.
Vencedor em 2012 do Prêmio Golden Nica, uma das mais importantes premiações de arte interativa e cultura digital no mundo, Davis é pioneiro de trabalhos de arte e biologia molecular, como inserir informações da Wikipedia em forma de código genético no DNA de maçãs. No dia 6 de fevereiro, no Rio de Janeiro, ele fez um simpósio, no qual explicou ao público o conceito de artistas-cientistas (artistas híbridos, tema da Bienal), fazendo uma relação com os magos da antiguidade.
SERVIÇO 
Bienal de Arte Digital – – 5 de fevereiro a 18 de março
Oi Futuro Flamengo - Rua 2 de Dezembro, 63 – Flamengo
Informações (21) 3131-3060
Horário de Funcionamento: De terça a domingo, das 11h às 20h
Entra franca
SOBRE O TEMA
As configurações atuais da Arte Tecnológica têm se fundido com a vida contemporânea, num processo viral de trocas incessantes entre o mundo real e o simulado. Criam-se trabalhos híbridos, nos quais o digital e o analógico, o natural e o artificial, o real e o virtual, se atravessam. A tecnologia passou a ser vista como um fator constitutivo da vida humana e com a biotecnologia, a própria vida. As pesquisas científicas são reapropriadas e se transformam em linguagens artísticas, através do uso da interatividade, virtualidade, sistemas híbridos e imersão. Nesta edição especial do FAD o objetivo será exibir trabalhos e conceitos através dos quais as transformações, ao longo do tempo, dos processos digitais na vida, na criatividade e na sociedade através da arte e da comunicação, criam experiências por meio das hibridações imersivas aos visitantes.
SOBRE O FAD
O Festival de Arte Digital (FAD) é um projeto sobre a exploração inventiva de novas tecnologias no campo da arte e da comunicação. Um dos eixos do projeto é a exibição de instalações de performances e apresentações diversas privilegiando a arte digital (produzida por máquinas, softwares e programação). A formação de jovens criadores é outro objetivo do FAD, com o trabalho de mediação, oficinas do programa educativo nas exposições, além de palestras ministradas por artistas, profissionais de mercado acadêmicos e demais envolvidos nos campos de ciência e tecnologia, com nomes regionais, nacionais e internacionais. Desde 2007, o Festival de Arte Digital espalhou os temas da Arte através de Novas Tecnologias em quatro pilares de ação em Belo Horizonte e Rio de Janeiro/ Brasil. Oficinas, palestras, apresentações e exposições de arte. Neste período foram cerca de 20 mil pessoas, e intercâmbio com muitos profissionais pelo mundo, publicações, pesquisas e prêmios nacionais.
APOIOS E PATROCÍNIOS:
SOBRE O Oi FUTURO
O Oi Futuro promove, apoia e desenvolve ações inovadoras e colaborativas para melhorar a vida das pessoas e da sociedade. Com a atuação nas frentes de Educação, Cultura, Inovação Social e Esporte, o instituto acelera iniciativas que potencializam o desenvolvimento pessoal e coletivo, fomentam experimentações de inovação e estimulam conexões.
Na Educação, o Oi Futuro investe em modelos inovadores para inspirar novas formas de aprender e ensinar com o NAVE (Núcleo Avançado em Educação), que forma jovens para as economias digital e criativa, com foco na produção de games, aplicativos e produtos audiovisuais. O programa, desenvolvido em parceria com as Secretarias de Estado de Educação do Rio de Janeiro e Pernambuco, oferece ensino médio integrado. Além de obter formação voltada para a indústria criativa e digital, os estudantes do NAVE são incentivados a desenvolver o espírito empreendedor e a estabelecer suas primeiras conexões profissionais, por meio de projetos e eventos de integração com o mercado de inovação.
Na área Cultural, o instituto atua como um catalisador criativo, impulsionando pessoas através das artes, estimulando a produção colaborativa e promovendo o acesso à cultura na era digital. O Oi Futuro mantém um centro cultural no Rio de Janeiro, com uma programação que valoriza a produção de vanguarda e a convergência entre arte contemporânea e tecnologia, e realiza o Programa Oi de Patrocínios Culturais Incentivados, que seleciona projetos em todas as regiões do país por meio de edital público. O Instituto também faz a gestão do Museu das Telecomunicações e sua Reserva Técnica, pioneiro no uso da interatividade no Brasil, e do LabSonica, laboratório de experimentação sonora. Também no Rio, o Oi Futuro mantém a Oi Kabum!, escola de arte e tecnologia onde está abrigado o Lab.IU, Laboratório de Intervenção Urbana.
Na Inovação Social, o Oi Futuro mantém o Labora, laboratório voltado para soluções inovadoras e de impacto para as cidades e a gestão cultural. O Labora é um ambiente de conexão, aprendizagem e criação para organizações e empreendedores comprometidos com a transformação de impacto e oferece programas de incubação e aceleração para projetos e negócios sociais em diferentes fases de maturação e perfil empreendedor. O Oi Futuro também aposta em projetos esportivos que conectem pessoas e promovam a inclusão e a cidadania.
SOBRE A CEMIG
A Cemig, comprometida com a sociedade e com os públicos que interage, é uma grande incentivadora da cultura por acreditar no poder transformador da arte. Investe permanentemente para fortalecimento dos setores cultural, esportivo educacional e social. A Cemig é a maior empresa integrada do setor de energia elétrica do País, sendo o maior grupo distribuidor, responsável pela operação de mais de 530 mil quilômetros de linhas de distribuição. É ainda o maior grupo transmissor e o terceiro maior grupo gerador, com uma capacidade instalada de 8,5 GW. Vale destacar que a concessionária foi selecionada, pela 17ª vez consecutiva, para compor a carteira do Índice Dow Jones de Sustentabilidade no período 2016/2017, mantendo-se como a única companhia do setor elétrico da América Latina a fazer parte do índice desde a sua criação, em 1999. A companhia está presente em 22 Estados e no Distrito Federal e conta com mais de 127 mil acionistas em 44 países e ações negociadas nas Bolsas de Valores de Nova York, Madri e São Paulo.
SOBRE A ACCORHOTELS
AccorHotels é um líder mundial em viagens e estilo de vida e inovador digital oferecendo experiências únicas em mais de 4.200 hotéis, resorts e residências, bem como em mais de 10.000 das melhores casas particulares em todo o mundo. Beneficiando-se da experiência como investidor e operador, a AccorHotels opera em 95 países.
Sua carteira inclui marcas de luxo de renome internacional, incluindo Raffles, Sofitel Legend, SO Sofitel, Sofitel, Fairmont, onefinestay, MGallery by Sofitel, Pullman e Swissôtel; bem como o popular midscale e marcas boutique como 25hours, Novotel, Mercure, Mama Shelter e Adagio; as reconhecidas marcas econômicas incluindo JO&JOE, ibis, ibis Styles, ibis budget e as marcas regionais Grand Mercure, The Sebel e hotelF1. A AccorHotels também oferece serviços inovadores durante toda a experiência do viajante, sobretudo pela recente aquisição do John Paul, líder mundial em serviços de concierge.
Com uma coleção incomparável de marcas e uma rica história que se estende por quase cinco décadas, a AccorHotels, juntamente com sua equipe global de mais de 250.000 homens e mulheres dedicados, tem uma missão intencional e sincera: fazer com que cada hóspede se sinta bem-vindo. Os hóspedes têm acesso a um dos programas de fidelidade mais gratificantes do mundo - Le Club AccorHotels.
A AccorHotels está ativa nas suas comunidades locais e comprometida com o desenvolvimento sustentável e a solidariedade através do PLANET 21, um programa abrangente que reúne funcionários, clientes e parceiros para impulsionar o crescimento sustentável. A Accor SA está cotada em bolsa com ações negociadas na Euronext Paris e no mercado OTC nos Estados Unidos.
Para mais informações e reservas, visite accorhotels-group.com ou accorhotels.com. Ou torne-se fã e siga-nos no Twitter e Facebook.
SOBRE A MASTERMAQ
A Mastermaq Software é uma empresa 100% brasileira, com 25 anos de experiência, 500 colaboradores diretos e está presente no dia a dia de mais de 100.000 usuários em todo território nacional, oferecendo soluções que transformam a contabilidade em fator de sucesso para o empreendedor brasileiro.

curso de desenho / pintura - Ana Gentil - SP

exposição CONTINUUM - Fundação Iberê Camargo - PoA - SP

convite_continuum
fonte: Fundação Iberê Camargo

Caixa Cultural de São Paulo reúne obras de importantes acervos brasileiros em exposição. Até 04/03.


Fotografia/Ação Ensacamento (1979)
3Nós3 (Mario Ramiro, Hudinilson Jr. e Rafael França) - Monumento Graça I / Victor Brecheret

 
A CAIXA Cultural de São Paulo está recebendo, até 04 de março, a exposição A Construção do Patrimônio, que apresenta um panorama de momentos significativos da história das políticas públicas de preservação do Brasil, além dos desafios que envolvem a expansão do conceito de patrimônio.

Realizada pelo Instituto Pedra, a mostra faz parte da programação das comemorações dos 80 anos de existência do IPHAN, uma das mais longevas instituições públicas brasileiras e a primeira dedicada à preservação e promoção do patrimônio cultural na América Latina.

Dentre o acervo exposto, destacam-se registros e obras de Tarsila do Amaral, Mário de Andrade, Lucio Costa, Marcel Gautherot, Germano Graeser, Eric Hess, Oscar Niemeyer, Pierre Verger e uma réplica de Aleijadinho. Além de um importante acervo documental do IPHAN do Rio de Janeiro, São Paulo e Pernambuco, a exposição conta ainda com obras do Museu Histórico Nacional, Instituto de Estudos Brasileiros (IEB-USP), Casa de Juscelino, entre outros.
 
“Uma reflexão sobre a ideia de patrimônio poderá ser uma das mais potentes metáforas dos brutais desafios que vivemos no nosso tempo, diante da dificuldade e necessidade de projetar o nosso futuro”, afirma o curador Luiz Fernando de Almeida.
 
O projeto tem curadoria de Luiz Fernando de Almeida, ex-presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), e patrocínio da Caixa Econômica Federal e do Governo Federal.

* Fotos da exposição por Juliana Chalita: https://goo.gl/gPULQ7

**Fotos das obras para download no link: https://goo.gl/wWLL7r

Serviço "A Construção do Patrimônio"
Entrada franca
Local: CAIXA Cultural São Paulo – Galerias Florisbela e D. Pedro
Endereço: Praça da Sé, 111 - Centro - São Paulo – SP – próxima à estação Sé do Metrô)
Telefone: (11) 3221-4400
Visitação: até 04 de março de 2018.
Horário: de terça-feira a domingo, das 09h às 19h
Entrada Franca
Classificação indicativa: Livre
Acesso para pessoas com deficiência

Ficha técnica:
Patrocínio: Caixa Econômica Federal e Governo Federal
Realização: Instituto Pedra
Curadoria: Luiz Fernando de Almeida
Curador-adjunto: Henrique Lukas
Expografia: José Luiz Favaro
Produção executiva: TZM Entretenimento (Marione Tomazoni)
Apoio: IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional)

Instituto Pedra:
O Instituto Pedra é uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos baseada em São Paulo. Fundado em fevereiro de 2013, o instituto desenvolve projetos no campo do patrimônio cultural. Seu objetivo é realizar intervenções e leituras que valorizem este patrimônio, gerando conhecimento com enfoque integrado, considerando as suas dimensões simbólica, material e territorial. Para mais informações, acesse o site www.institutopedra.com.br.

 
fonte:
 

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

oficina de XILOGRAVURA EM TECIDO - Roberto Flores - Ateliê Tamarindo SP


Xilogravura é uma técnica milenar de gravura onde o artesão usa a madeira para entalhar e deixando em relevo o desenho que deseja reproduzir. Entintando a madeira, transfere-se a imagem para o papel ou tecido através de uma prensa ou de uma simples colher.

Nesta oficina usaremos tecidos de algodão e seda como suporte para receber a impressão, mas os procedimentos em tecidos são diferentes. . A entintagem é feita com rolos de espuma com tinta serigráfica e a transferência é imediata sobre o tecido.

A experiência de Roberto Flores em xilogravura é amplamente conhecida e suas aulas são muito dinâmicas.

mais informações:
Rosane Viégas
+55 11 9 8263 4746
rosane.viegas@yahoo.com.br


quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Bienal de Arte Digital: Cientista carioca propõe diálogo entre arte e tecnologia em simpósio


IVAN HENRIQUES, RADICADO NA HOLANDA, DESENVOLVEU ESCULTURA CINÉTICA CAPAZ DE PRODUZIR MOVIMENTOS A PARTIR DA FOTOSSÍNTESE DE BACTÉRIAS
Ivan Henriques, cientista carioca responsável por elaborar um pedalinho para filtrar águas poluídas, mostrará pela primeira vez no Brasil sua nova invenção: “Caravel”, uma escultura cinética capaz de produzir energia limpa a partir da fotossíntese de bactérias anaeróbicas. Radicado na Holanda, ele está no Rio para explicar a tecnologia na abertura da primeira edição da Bienal de Arte Digital, apresentada pelo Oi Futuro, nesta segunda-feira, 5 de fevereiro, a partir das 14h. “Caravel”, desenvolvido em parceria com a Universidade de Gante, permanecerá em exposição no evento até 18 de março. Para participar do simpósio, o público precisa se inscrever, gratuitamente, no endereço: www.bienalartedigital.com/inscricao-simposio.
A montagem do experimento de Ivan Henriques só foi possível em função de uma parceria com o Instituto Nacional de Tecnologia (INT), que cultivou a bactéria para a obra, por meio de seu Laboratório de Biocorrosão e Biodegradação. O diretor do Instituto, Fernando Rizzo, fará uma palestra em seguida. Em 2016, Ivan já havia chamado atenção dos cariocas ao mostrar ao público seu pedalinho tecnológico, equipamento que era capaz de filtrar a água enquanto se movimentava, na Lagoa Rodrigo de Freitas. Ivan reforça a importância de “Caravel”.
“O projeto ‘Caravel’ significa uma evolução das criações de estruturas híbridas que possam coabitar o meio ambiente. É uma biomáquina que produz a energia necessária ao seu movimento, ao passo que contribui para a purificação das águas, com base no aproveitamento de células microbiais que, por sua vez, utilizam bactérias da espécie Geobacter. Conectadas à estrutura das caravelas, existem também plantas que possuem propriedades de purificação, como a planta conhecida como aguapé, tradicionalmente usada como auxiliar na limpeza de bacias e rios”, explica o cientista.

Ao longo da primeira semana do evento, o programa educativo também realizará oficinas relacionadas com as artes tecnológicas. As inscrições das oficinas devem ser feitas através do site no endereço: www.bienalartedigital.com/inscricao-oficina . As inscrições via site não garantem a participação. É preciso aguardar o contato por e-mail da produção confirmando a participação.
A proposta da Bienal é se tornar uma agenda nacional de arte digital e mostrar a cada dois anos obras e exposições que reflitam temas sociais importantes, evidenciando que a arte possibilita à tecnologia exibir suas experiências sociais. Após sua estreia no Rio, a Bienal segue para Belo Horizonte, onde a programação ocorrerá entre os dias 26 de março e 29 de abril no Conjunto Moderno Da Pampulha - Museu de Arte da Pampulha (MAP), com patrocínio da Oi e apoio cultural do Oi Futuro.
Os trabalhos escolhidos foram selecionados entre as mais de 600 inscrições realizadas via edital. A seleção foi realizada por um conselho curador formado por acadêmicos, artistas, pesquisadores e produtores culturais como Marina Gazire, Alexandre Milagres, Ivan Ramos, Gabriel Cevallos, Pablo Gobira, Tadeus Mucelli, Karla Danitza e demais membros da comissão organizadora. Foram cerca de 20 encontros entre os envolvidos e cerca de 400 horas dedicadas às análises.
CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DE SIMPÓSIOS:

SIMPÓSIOS
Segunda-feira - 5 fevereiro
10h - Abertura: Roberto Guimarães, Alberto Saraiva (Oi Futuro) / Tadeus Mucelli (FAD/Bienal de Arte Digital)
10h30m - Palestra Magna: Diana Domingues (BRA)
14h -Ivan Henriques (BRA)

15h – Fernando Rizzo (INT)
Terça-feira - 6 fevereiro
9h30m - 
Joe Davis - MIT (EUA) / Bernardo Carvalho - UFRJ (BRA)
14h30m - Guto Nobrega - UFRJ (BRA) / Daniel Cruz - U.Chile (CHL) / Soliman Lopez - ESAT (ESP)
SOBRE O TEMA
As configurações atuais da Arte Tecnológica têm se fundido com a vida contemporânea, num processo viral de trocas incessantes entre o mundo real e o simulado. Criam-se trabalhos híbridos, nos quais o digital e o analógico, o natural e o artificial, o real e o virtual, se atravessam. A tecnologia passou a ser vista como um fator constitutivo da vida humana  e com a biotecnologia, a própria vida. As pesquisas científicas são reapropriadas e se transformam em linguagens artísticas, através do uso da interatividade, virtualidade, sistemas híbridos e imersão.
Nesta edição especial do FAD o objetivo será exibir trabalhos e conceitos através dos quais as transformações, ao longo do tempo, dos processos digitais na vida, na criatividade e na sociedade através da arte e da comunicação, criam experiências por meio das hibridações imersivas aos visitantes.
SOBRE O FAD
O Festival de Arte Digital (FAD) é um projeto sobre a exploração inventiva de novas tecnologias no campo da arte e da comunicação. Um dos eixos do projeto é a exibição de instalações de performances e apresentações diversas privilegiando a arte digital (produzida por máquinas, softwares e programação).
A formação de jovens criadores é outro objetivo do FAD, com o trabalho de mediação, oficinas do programa educativo nas exposições, além de palestras ministradas por artistas, profissionais de mercado acadêmicos e demais envolvidos nos campos de ciência e tecnologia, com nomes regionais, nacionais e internacionais.
Desde 2007, o Festival de Arte Digital espalhou os temas da Arte através de Novas Tecnologias em quatro pilares de ação em Belo Horizonte e Rio de Janeiro/ Brasil. Oficinas, palestras, apresentações e exposições de arte. Neste período foram cerca de 20 mil pessoas, e intercâmbio com muitos profissionais pelo mundo, publicações, pesquisas e prêmios nacionais.
APOIOS E PATROCÍNIOS:
SOBRE O Oi FUTURO
O Oi Futuro promove, apoia e desenvolve ações inovadoras e colaborativas para melhorar a vida das pessoas e da sociedade. Com a atuação nas frentes de Educação, Cultura, Inovação Social e Esporte, o instituto acelera iniciativas que potencializam o desenvolvimento pessoal e coletivo, fomentam experimentações de inovação e estimulam conexões.
Na Educação, o Oi Futuro investe em modelos inovadores para inspirar novas formas de aprender e ensinar com o NAVE (Núcleo Avançado em Educação), que forma jovens para as economias digital e criativa, com foco na produção de games, aplicativos e produtos audiovisuais. O programa, desenvolvido em parceria com as Secretarias de Estado de Educação do Rio de Janeiro e Pernambuco, oferece ensino médio integrado. Além de obter formação voltada para a indústria criativa e digital, os estudantes do NAVE são incentivados a desenvolver o espírito empreendedor e a estabelecer suas primeiras conexões profissionais, por meio de projetos e eventos de integração com o mercado de inovação.
Na área Cultural, o instituto atua como um catalisador criativo, impulsionando pessoas através das artes, estimulando a produção colaborativa e promovendo o acesso à cultura na era digital. O Oi Futuro mantém um centro cultural no Rio de Janeiro, com uma programação que valoriza a produção de vanguarda e a convergência entre arte contemporânea e tecnologia, e realiza o Programa Oi de Patrocínios Culturais Incentivados, que seleciona projetos em todas as regiões do país por meio de edital público. O Instituto também faz a gestão do Museu das Telecomunicações e sua Reserva Técnica, pioneiro no uso da interatividade no Brasil, e do LabSonica, laboratório de experimentação sonora. Também no Rio, o Oi Futuro mantém a Oi Kabum!, escola de arte e tecnologia onde está abrigado o Lab.IU, Laboratório de Intervenção Urbana.
Na Inovação Social, o Oi Futuro mantém o Labora, laboratório voltado para soluções inovadoras e de impacto para as cidades e a gestão cultural. O Labora é um ambiente de conexão, aprendizagem e criação para organizações e empreendedores comprometidos com a transformação de impacto e oferece programas de incubação e aceleração para projetos e negócios sociais em diferentes fases de maturação e perfil empreendedor. O Oi Futuro também aposta em projetos esportivos que conectem pessoas e promovam a inclusão e a cidadania. 
SOBRE A CEMIG
A Cemig, comprometida com a sociedade e com os públicos que interage, é uma grande incentivadora da cultura por acreditar no poder transformador da arte. Investe permanentemente para fortalecimento dos setores cultural, esportivo educacional e social.
A Cemig é a maior empresa integrada do setor de energia elétrica do País, sendo o maior grupo distribuidor, responsável pela operação de mais de 530 mil quilômetros de linhas de distribuição. É ainda o maior grupo transmissor e o terceiro maior grupo gerador, com uma capacidade instalada de 8,5 GW. Vale destacar que a concessionária foi selecionada, pela 17ª vez consecutiva, para compor a carteira do Índice Dow Jones de Sustentabilidade no período 2016/2017, mantendo-se como a única companhia do setor elétrico da América Latina a fazer parte do índice desde a sua criação, em 1999.
A companhia está presente em 22 Estados e no Distrito Federal e conta com mais de 127 mil acionistas em 44 países e ações negociadas nas Bolsas de Valores de Nova York, Madri e São Paulo. 
ACCORHOTELS
AccorHotels é um líder mundial em viagens e estilo de vida e inovador digital oferecendo experiências únicas em mais de 4.200 hotéis, resorts e residências, bem como em mais de 10.000 das melhores casas particulares em todo o mundo. Beneficiando-se da experiência como investidor e operador, a AccorHotels opera em 95 países.
Sua carteira inclui marcas de luxo de renome internacional, incluindo Raffles, Sofitel Legend, SO Sofitel, Sofitel, Fairmont, onefinestay, MGallery by Sofitel, Pullman e Swissôtel; bem como o popular midscale e marcas boutique como 25hours, Novotel, Mercure, Mama Shelter e Adagio; as reconhecidas marcas econômicas incluindo JO&JOE, ibis, ibis Styles, ibis budget e as marcas regionais Grand Mercure, The Sebel e hotelF1. A AccorHotels também oferece serviços inovadores durante toda a experiência do viajante, sobretudo pela recente aquisição do John Paul, líder mundial em serviços de concierge.
Com uma coleção incomparável de marcas e uma rica história que se estende por quase cinco décadas, a AccorHotels, juntamente com sua equipe global de mais de 250.000 homens e mulheres dedicados, tem uma missão intencional e sincera: fazer com que cada hóspede se sinta bem-vindo. Os hóspedes têm acesso a um dos programas de fidelidade mais gratificantes do mundo - Le Club AccorHotels.
A AccorHotels está ativa nas suas comunidades locais e comprometida com o desenvolvimento sustentável e a solidariedade através do PLANET 21, um programa abrangente que reúne funcionários, clientes e parceiros para impulsionar o crescimento sustentável. A Accor SA está cotada em bolsa com ações negociadas na Euronext Paris e no mercado OTC nos Estados Unidos.
Para mais informações e reservas, visite accorhotels-group.com ou accorhotels.com. Ou torne-se fã e siga-nos no Twitter e Facebook.
 MASTERMAQ
A Mastermaq Software é um​a​ empresa 100% brasileira, com 25 anos de experiência, 500 colaboradores diretos e está presente no dia a dia de mais de 100.000 usuários em todo território nacional, oferecendo soluções que transformam a contabilidade em fator de sucesso para ​o empreendedor brasileiro.
Mais informações: